Pesquisar este blog

sábado, 15 de setembro de 2012

PARA FICAR NA MEMÓRIA: Quando uma tragédia é transformada em educação

A Diretora Professora Regina Campos e a família de Milena Santos Nascimento 


Há um ano foi inaugurado um EDI chamado Milena Santos Nascimento . À frente uma diretora experiente, entusiasta da educação e que coloca o amor à profissão e às crianças como prioridades no processo de educar: Professora Regina Campos.

Milena tinha 14 anos, estava no 6º ano da Escola Municipal Tasso da Silveira e estudava, quando foi morta numa chacina, por um criminoso, ex- aluno da mesma escola. O Rio de Janeiro inteiro chorou pelas vítimas fazendo das orações da família e de todos os cariocas uma grande corrente de luz para as crianças, vítimas, e força, para as famílias precocemente enlutadas.

Milena Santos Nascimento 


Fiquei feliz, pela família de Milena Santos Nascimento, com o sorriso, junto a Diretora Regina Campos, no dia da comemoração de aniversário. Viram uma tragédia ser transformada em educação para pequenas crianças e, creio, gostaram do que viram.

O Espaço de Educação Infantil (EDI) comemora seu primeiro ano de funcionamento com o relato das crianças de 6 meses a 5 anos de idade, seus alunos, que indicam que o que mais gostam de fazer ali é brincar. Porque, quando a educação é boa, tem qualidade, crianças tão pequenas pensam estar brincando ao estão aprendendo.

As crianças.


Não posso deixar de enaltecer a equipe. Educação se faz assim: em equipe. As crianças recebem pelas mãos de merendeiras carinhosas e experientes uma comidinha gostosa e cheia de amor. As professoras, ajudantes e demais funcionários fazem seu trabalho com carinho buscando dar amor e educação porque é assim que a educação produz frutos.

A eficiente equipe, infelizmente incompleta.


Como este é um blog que pesquisa a História do Rio de Janeiro, não podia deixar de enfocar uma educação de qualidade nesta cidade, nem sempre pródiga em bons exemplos educacionais, não só para fazê-la (re) conhecida, mas para deixar inscrita na memória desta cidade a tentativa exitosa de tornar uma tragédia uma fonte de educação.

As moças que fazem com amor a comidinha das crianças.


Aproveito para parabenizar a Direção e toda a equipe do EDI Milena Santos Santos pela lição que um ano depois podemos todos nós, educadores desta cidade, comemorar: fazer da tragédia, educação.
Brincando e aprendendo.

Lá em cima, uma das estrelinhas a colorir o céu, Milena certamente gostou de ver sua família a aprovar a educação dada às crianças no EDI que tem seu nome.

As crianças da pré-escola: os mais "velhos" do EDI e sua professora.

Postar um comentário